‘Um Século de Música Sacra na Madeira’…

…é como se intitula o livro de João Arnaldo Rufino da Silva, editado pela Direcção Regional dos Assuntos Culturais (DRAC), que será lançado no início de 2009. A apresentação pública da obra estava prevista ainda para 2008, mas um atraso na impressão de um dos dois volumes determinou o adiamento do lançamento para o ano seguinte. No prefácio, o director regional dos Assuntos Culturais, João Henrique Silva, refere que este livro complementa a obra anterior do mesmo autor, ‘Cânticos Religiosos do Natal Madeirense’, editada há uma década pela DRAC. “Com a presente edição, materializa-se aquele que é, de alguma forma, o trabalho de uma vida, pois tal compilação é inseparável das vertentes de pedagogo, músico e investigador, do madeirense João Rufino da Silva (…)”. João Henrique Silva acrescenta que este é “um documento e um testemunho pelos quais, no futuro, também poderá ser conhecida uma parcela da identidade cultural da população e da história desta Região Autónoma”. Natural de Câmara de Lobos, João Arnaldo Rufino da Silva é um ex-sacerdote católico, que, ao longo da sua vida, se tem distinguido como músico. Foi director artístico do Orfeão Madeirense.

O seu novo livro abrange um período de 120 anos, de 1880 a 2000, de prática de música religiosa cantada em Português. Uma colectânea que “não pretende ser um inventário completo de toda a música religiosa cantada em vernáculo e em latim na Região, mas tão somente dos cânticos mais populares entoados pelo povo participante no tempo quaresmal, nas missas e devoções, e também de alguns cânticos mais elaborados musicalmente (…)”, refere o autor. De acordo com Marcelino de Castro, da DRAC, “por esta magna recolha de textos e pautas, textos que são, tanto quanto possível, transcritos integralmente, poder-se-á fazer uma análise teológica e literária, mas também etnológica, quer do seu conteúdo, textual e musical, quer das respectivas ‘performances’ que retratarão, com fidelidade, as práticas artísticas e religiosas, tão definidoras da identidade cultural”.

(Fonte: Diário de Notícias da Madeira, 23-12-2008)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s